Julen Lopetegui foi despedido do cargo de selecionador espanhol, a dois dias da estreia da equipa no Mundial 2018, na Rússia.

A decisão foi comunicada esta manhã, pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Rubiales, durante uma conferência de imprensa.

“Vemo-nos obrigados a prescindir do selecionador. Lopetegui fez um trabalho impecável, mas há decisões que estamos obrigados a tomar. Há formas de atuar com as quais não podemos compactuar “, mencionou Rubiales.

Na base da demissão está o anúncio feito ontem (dia 12 de junho), pelo Real Madrid, que confirmou Lopetegui como o treinador para as próximas três épocas.

Rubiales acrescentou ainda que nunca esteve a par dos contactos entre o ex-selecionador espanhol e o Real Madrid.

O nome do treinador que se sentará no banco esta sexta-feira, quando a Espanha defrontar Portugal, é ainda desconhecido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here