Em 2019, quem quiser reformar-se sem penalizações terá que ter 66 anos e cinco meses.

A confirmação foi dada pelo Governo, esta quinta-feira, numa portaria publicada em Diário da República.

Se este é o ano em que tenciona ter acesso à pensão, terá que ter 66 anos e quatro meses, no entanto, em 2019, a idade normal vai subir um mês, conforme previsto.

Esta subida acontece através da aplicação da fórmula de cálculo em vigor e reflete a esperança média de vida aos 65 anos entre o ano 2000 e o ano anterior ao do início da pensão, calculada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), e o respetivo fator de sustentabilidade, conforme informou o Observador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here