Geração Z é o nome dado ao conjunto demográfico constituído por todas as pessoas nascidas de 1990 até 2010. Marketer designa os profissionais de marketing, que exercem responsabilidades ao nível do planeamento de comunicação, imagem e marketing digital da empresa.

Sabemos, hoje, a importância da Geração Z para a estratégia de uma organização. São os criadores de tendências no digital e os que impulsionaram o rápido crescimento desta era.

Até 2020, a Geração Z será responsável por 40% de todo o consumo online, refere um estudo da FastCompany.

Para saber como atrair e reter esta Geração capaz de alavancar o seu negócio, confira os seguintes 5 pontos:

 

  1. Valorizam a privacidade

Segundo um estudo da Google publicado em 2017, a Geração Z prefere viver a experiência de compra de forma personalizada, com interações via redes sociais e adaptada aos seus hábitos e necessidades.

Não obstante, procuram privacidade. São, por exemplo, os mais prováveis de cobrir a webcam dos portáteis e são os que mais evitam o risco de exposição via publicação de fotos e vídeos pessoais.

Deste modo, os Marketers devem garantir que a sua estratégia não é invasiva. Segundo um estudo da IBM, 61% dos jovens preferem partilhar informação pessoal e de compra com marcas que confiam. Saiba criar empatia com o público e seja transparente em relação às políticas de atuação do seu negócio.

 

  1. Comentam, partilham e avaliam

A Geração Z valoriza a privacidade, mas isso não significa que não partilhe informação. Na verdade, gosta de ter o controlo da mesma, demonstrando à vontade com o digital e publicando somente o que bem entende.

São os que mais comentam, criticam e avaliam, segundo um estudo da Accenture.

São responsáveis por partilhar feedback em websites e redes sociais, mas também procuram opiniões de outros antes de uma compra.

Segundo o estudo da Accenture, a Geração Z está atenta ao número de gostos que a sua empresa tem (tanto na página como nos posts), especialmente se estes advirem de amigos e família. Aliado a isto, tem em consideração opiniões de influenciers (bloggers/youtubers) que confie.

O Marketer deve atrair a confiança do seu público, garantindo satisfação e reputação, e sabendo lidar estrategicamente com críticas (via resposta e reação compensatória à mesma).

  1. Toleram (e ignoram) anúncios

A Geração Z desenvolveu elevada tolerância a anúncios online. Segundo uma análise da Forrester, 39% dos adolescentes consideram que o Youtube tem demasiados anúncios, mas tal não impede que seja atualmente a plataforma mais popular para esta geração.

A razão por deterás disto reside no facto da Geração Z não prestar atenção a anúncios online, sabendo como lidar com a intrusão destes.

Se a homepage de um website é invadida por um anúncio de ecrã inteiro, ou se este surge no feed do Instagram ou Facebook, a Geração Z demora 8 segundos a evitá-lo (via scroll-down ou navegando outra aba).

Segundo o estudo da FastCompany, uma estratégia de publicidade paga ainda pode ser viável, se capaz de transmitir uma mensagem aliciante de forma rápida e objetiva (como, por exemplo, via vídeos virais de poucos segundos).

Mais uma vez, vale a pena sublinhar a importância dos influenciers, que asseguram a valiosa atenção da Geração Z. Confiando na opinião justificada de determinado blogger/youtubers, o adolescente ou jovem adulto adquirirá, com maior probabilidade, o seu produto ou serviço.

 

  1. Querem ver e seguir pessoas reais

Até aqui já sabemos que a Geração Z é a mais influenciável por opiniões de quem confiam, sejam estas oriundas de bloggers/youtubbers ou de pessoas reais que comentem em fóruns ou nas redes sociais.

Associado ao facto da Geração Z procurar um ambiente personalizado de compra, sentem a necessidade de pesquisar sobre determinado produto antes de o adquirir.

Se o influencier, que possuí um estilo de vida com a qual a audiência se identifica, usa e comenta positivamente o produto, é provável que esta mesma audiência também o adquira.

Destacar pessoas reais em anúncios, ao invés de modelos, tem demonstrado ser uma estratégia de sucesso para muitas empresas.

Campanha de Beleza Real da Dove é um bom exemplo. A Geração Z procura autenticidade naquilo que compra.

 

  1. Querem mudar o mundo

60% da Geração Z quer ter impacto a nível global, comparado com os 39% da geração anterior (1980-1990), de acordo com um estudo da agência americana Sparks & Honey.

Deste modo, a Geração Z preocupa-se com responsabilidade social e é sensível perante uma situação imoral ou injusta. Estudos recentes demonstram que a Geração Z é tendencialmente a favor das causas ambientais e da igualdade de raça, género e salário.

Ao apostar numa estratégia de responsabilidade social para a sua empresa, não só estará a contribuir para uma causa humana como também estará a impactar positivamente a reputação da sua marca.

 

Com o crescente consumo por parte da Geração Z, as equipas de marketing têm que se adaptar às necessidades deste grupo e aprender a comunicar de forma eficaz nas redes sociais. As mensagens transmitidas têm que ter significado e ser personalizadas, procurando a captação desta audiência que domina o mercado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here